16.6.16

NÓS # D´ELES



Dizem que eles são a nossa imagem, nosso espelho... Os políticos brasileiros, dizem, são a face real de nosso povo. Não procede! O  povo brasileiro é trabalhador, de bom caráter e luta duramente e persistentemente por sua sobrevivência. Nós,  povo brasileiro, não somos iguais a eles Políticos, em sua maioria, infelizmente, que são de origem de famílias abastardas, têm formação superior, médicos, advogados, professores, jornalistas, empresários, fazendeiros latifundiários, enfim, que deveriam dar o exemplo de correção e trabalhar em prol das comunidades e honrar o voto que lhes foram dados, retornando à população benefícios diversos que lhes tragam dignidade e lhes ofereçam uma vida amena e feliz. Se agem da forma ilícita, cooptando o setor público e privado para o meio de um sistema político amoral, corrupto, degradado, o fazem de forma consciente de que não estão construindo e alimentando o melhor, o mais correto para o bem da nação brasileira.  O fazem por que acreditam na impunidade, na fragilidade da justiça  -  que felizmente já dá sinais que vai melhorar e dar respostas que tanto esperamos. -  Estão sim, construindo um sistema perverso que apenas lhes beneficiam e llhes favorecem com riquezas fáceis a si e aos seus próximos e asseclas.

O Povo Brasileiro tem em sua formação Sócio-antropológica o gene da alegria, da amizade, do bem da vida, do respeito ao outro e sobretudo do acolhimento e da justiça. Luta desesperadamente diuturnamente para se manter com dignidade e dar aos seu filhos e familiares uma vida sustentável.

Não! Definitivamente essa CEPA de nossos Políticos atuais, com raras excessões, seja na Câmara, seja no Senado não é o espelho fiel do caráter e da grandeza do nosso povo.

Felizmente NÓS Somos diferentes D´ELES e acreditamos que como tudo na vida, ELES passarão e nós seguiremos nossa saga em busca de nossas realizações de forma justa e honesta.

 "ELES passarão, NÓS Passarinhos" (MQ)...

Viva o Povo Brasileiro!

J. Carvalho

10.6.16

60(Sessenta)




Despertei e era  janeiro/16,
21900 dias, 720 meses até aqui 
e minh´alma plácida, leve, sonhadora...
com a sensação de dever cumprido; 
sentimentos que pulsam 
como se 40 ainda fosse; 
a vida se apresenta com bons presságios
meus olhos permitem uma boa visão
enxergo também com o coração 
que  segue num ritmo animado e pleno
meus passos confiantes
de que a  viagem ainda é longa
e caminhar é preciso
assim seja;

Mares singrei, 
horizontes alcancei
atalhos inventei 
amores conquistei...
devaneios tolos e castelos construí

Na base, a leitura no encalço da sabedoria
com ela reinventei a alegria, a utopia 
construí a minha sustentação; 
se a liberdade que me abraça, 
é conquista duradoura, 
é também pedra lapidada de um inestimável bem!

A verdade, esse eixo forte e determinante, 
nele naveguei sempre  próximo, jamais distante
fonte da resiliência na busca da corrente do bem, 
pilar maior do respeito ao outro, à família,
esse amor construído e dedicado
às amizades que fiz  e que me bastam 
contadas no limite dos 5 dedos da mão
que confirmam:  
viver é construir afeto, cumplicidade, respeito...
seguir de um jeito compassivo, humilde sem subserviência,
sobretudo  humilde, justo e forte! 

J. Carvalho