22.5.12

CDA-Carlos Drumond de Andrade



Olhai as montanhas mineiros.
Como a serra do Curral, mutilada
Vós que não as defendeis

Olhai-as enquanto vivem pois,

A golpes de tratores vão sendo assassinadas,
Pela culpa única de suas entranhas de ferro.
Mineiros, por que não percebeis
Que essa ferrugem que vos empoeira os olhos,
Essa terra, vermelha, é nosso sangue,
Injustamente derramado, na luta que vos abate? 



Um comentário:

Newton Correia disse...

Não basta lamentar, precisamos é de nos mobilizarmos. Não sou contra o desenvolvimento, só que ele precisa ser sustentável sempre. Drumond era um sábio e um inconformado. Soube que ele não voltou mais a Itabira, justamente, porque as mineradoras tinham tomado conta da cidade. Este foi o protesto dele até morrer.